CONCEIÇÃO DE IBITIPOCA

 

Na contra-mão do carnaval, o pouso foi em Conceição de Ibitipoca, cidadezinha mineira próxima à Juiz de Fora que guarda o espetacular Parque Estadual do Ibitipoca em uma área de quase 1500 hectares, com trilhas, cachoeiras e grutas. O principal roteiro do Parque é a trilha da Janela do Céu, que percorre uma trilha de 16Km (ida e volta), durante o percurso, algumas paradas são obrigatórias: no Cruzeiro, Gruta da Cruz, Pico da Lombada, Gruta dos Três Arcos, Gruta dos Moreiras (em minha homenagem?), Cachoeirinha, Gruta dos Fugitivos. A trilha não é pesada, mas além de estarmos fora de forma, levamos somente duas garrafas de água e alguns pacotes de biscoito. Ou seja, a volta foi acompanhada de sede e fome em um calor infernal.

 

No dia seguinte, aproveitamos o dia chuvoso, para ir (de carro) até Santa Rita do Ibitipoca. Eu estava quebrada como arroz de terceira e tomei uma overdose de dorflex. No terceiro dia, fizemos um tour para a mesma Janela do Céu, mas por baixo. De 4x4, com um grupo de desconhecidos bem animados, que no fim do dia, se juntou na praça para cervejas e risadas.

 

No último dia, fizemos o Roteiro das Águas, trilha muito mais leve (5km ida e volta), passando pela Gruta dos Coelhos, Lago dos Espelhos, Lago Negro, Prainha das Elfas, Gruta dos Gnomos, Lago das Miragens, Ponte de Pedra e Cachoeira dos Macacos. Nessa última eu ficaria o dia inteiro sem pestanejar. Mas tínhamos que retornar à realidade, pois no dia seguinte já era dia de voltar ao trabalho.

 

A pergunta sempre feita é: valeu a pena? Muito!!! Depois de anos atrás do Trio Elétrico, gastando uma fortuna, foi uma opção muito econômica, além da oportunidade de  tirar uns dias de folga do mundo, da vida urbana, com meu filho e marido que nunca viajam comigo. A cidade é uma delícia e o ápice do carnaval, foram uns gatos pingados vestidos de mulher e uma banda na praça, que tocava de Bob Marley à Charlie Brown. Dias ótimos, que deixaram uma certeza de breve retorno e de preferência, com maior preparo!

 

Como chegar, partindo do Rio de Janeiro: 

Pegar a BR 040 em direção à Juiz de Fora,  ao avistar uma placa "Lima Duarte, Caxambu, São Lourenço" (190Km). Sair da BR, virando à esquerda,  em direção à Lima Duarte pela BR 267 (49Km). Entre em Lima Duarte e pegue a estrada de chão até Conceição de Ibitipoca, serão mais 27Km e a estrada tem partes bem castigadas!

 

Onde fiquei: Pousada Canela de Ema (primeiro ano) - A pousada fica um pouquinho antes da cidade, é muito silenciosa e aconchegante. As gêmeas, donas da pousada, dão um toque especial a cada detalhe  e o café da manhã é dos deuses, em um salão que tem uma vista de tirar o fôlego. Dá pra ficar por horas "proseando". 

 

Sangha Pyara (segundo ano) -  (https://www.facebook.com/sanghapyar...). Fica bem localizada na estrada do Parque, tem quartos amplos, limpos, com lareira, TV, chuveiro quente e um astral bem legal e cheio de pessoalidade da proprietária, que é um amorzinho de pessoa.

 

Onde comer e beber:

Bar do Firma (também conhecido como Candeias Blues Bar) -  O lugar é surreal, me senti um smurf entrando na casa do Gargamel. Decoração inusitada, com muitas coisas velhas dependuradas e espalhadas pelo local. Teias de aranha, fotos antigas, documentos, até cachorros andando no lugar. As cachaças ficam também penduradas e escondidas no meio dos cacarecos. Quando alguém pede uma dose, ele puxa a corda e desce a garrafa. Não me senti segura de experimentar a comida local, mas sem dúvida vale a visita e a cerveja é sem riscos.

 

Pizzaria Serra Nostra - Uma das melhores pizzas que já comi na vida. O local é arrumadinho e vive cheio. 

 

Restaurante Varandas - O BBB de Ibitipoca, típica comida mineira, em self service.

Hamburgueira Montanhês - Bons sandubas  e excelente atendimento.

Diogenes Bar (https://www.facebook.com/DiogenesBa...) que rola um rock bem legal e a cerveja gelada é garantida

 

No shopping, há um quiosque com um sanduba maravilhoso de filé mignon, manjericão e tomate.

 

Ao sair de Lima Duarte, ao pegar a estrada de barro, antes de começar a subir, verá um restaurante pequeno do lado esquerdo. Pare!!! A melhor comida da minha vida!!! Feijão vermelho dos deuses. Tem uma vaca na porta, com o símbolo da "Lei Seca". 

Agora se tem algo que ninguém pode deixar de comer é o bolinho de aipim do bar do parque... salivei só em lembrar.

 

 

 

Janela do Céu

Janela do Céu

O shopping

O shopping

Parque

Parque

Ponte de Pedras

Ponte de Pedras

Nervosa

Nervosa

E a trilha terminou assim...

E a trilha terminou assim...

Borboleta

Borboleta

Janela do céu por baixo

Janela do céu por baixo

IMG_2950.jpg

IMG_2950.jpg

Vila de Conceirção de Ibitipoca

Vila de Conceirção de Ibitipoca

Escala musical?

Escala musical?

Mineiro já gosta...

Mineiro já gosta...

Prefeitura de Lima Duarte

Prefeitura de Lima Duarte

Lima Duarte

Lima Duarte

Great Hendrix

Great Hendrix

Santa Rita do Ibitipoca

Santa Rita do Ibitipoca

Santa Rita do Ibitipoca

Santa Rita do Ibitipoca

Santa Rita do Ibitipoca

Santa Rita do Ibitipoca

Janela do Céu

Janela do Céu

Gruta da Cruz

Gruta da Cruz

Cruzeiro

Cruzeiro

Bug

Bug

Começo da Trilha

Começo da Trilha

Como chegar - a partir do Rio de Janeiro: pegar a BR 040 sentido Juiz de Fora. Observar as placas no caminho que indicam o sentido à Lima Duarte, quando terá que sair da BR 040 e pegar a BR 267. De Lima Duarte até Conceição de Ibitipoca são 27 Km de estrada de terra, com partes muito esburacadas. Com chuva a situação ainda piora.